9º Torneio Nacional de Spinning e Corrico de Costa-Luís Vicêncio

thumbnail 9o-torneio-nacional-de-spinning-e-corrico-de-costa-luis-vicencio

9º Torneio Nacional de Spinning e Corrico de Costa-Luís Vicêncio

 

Mais um ano passa, mais uma edição chega do Torneio Nacional de Spinning e Corrico de Costa - Luís Vicêncio! No dia 27 de Maio de 2018, na praia de Buarcos - Figueira da Foz, irá realizar-se o 9º Torneio Nacional de Spinning e Corrico de Costa - Luís Vicêncio. É uma prova única a nível Nacional, no mar e que já vai na sua 9ª edição, que conta com o apoio da Casa Favais.

As edições anteriores têm sido um sucesso de participação, de pesca, de convívio e de camaradagem.

No valor da inscrição está incluído o Almoço de Confraternização. Haverá troféus para os 3 primeiros classificados e prémios para todos os participantes. Depois do sucesso da edição anterior a motivação para fazer mais e melhor é grande.

Junte-se a nós e participe neste grande evento Nacional de Spinning e Corrico de mar.

 

Para mais informações clique no seguinte link: http://pescacomamostras.com/9o-torneio-nacional-de-spinning-e-corrico-de-costa-luis-vicencio/

 

Contamos com a sua presença!

Concentração: 6.30h

Briefing: 06:35h

Saída para o local da prova: 06:50h

Início da prova: ás 7:00h

Fim da prova: às 12:00h

 

 

Por motivos de força maior, poderão vir a ser alteradas as datas e/ou local de realização deste Torneio. Das eventuais alterações, será oportunamente dado conhecimento aos membros no fórum e/ou através de outros meios.

Qualquer dúvida ou problema podem entrar em contacto através do email: ricardogarcia@pescacomamostras.com Ou através do contacto: 963 571 575

 

Comunicado Campeonato Nacional da 1ª Divisão - 2017 Pesca em Barco Fundeado

thumbnail compeonato nacional de clubes

Comunicado

 

Informa-se que a 3ª e 4ª mãos do Campeonato Nacional da 1ª Divisão 2017 de Pesca em Barco Fundeado a realizar em Setúbal a 07 e 08 de Abril foram adiadas devido à previsão de condições meteorológicas adversas e após consulta aos skippers das embarcações.

Informa-se que as mesmas ficam marcadas para os dias 14 e 15 de Abril, no mesmo local e com o sorteio já realizado anteriormente.

 

  

Fonte: Federação Portuguesa de Pesca Desportiva do Alto Mar

Convívio de Pesca Desportiva Agupesca

thumbnail convivio agupesca

Convívio de Pesca Desportiva


No dia 22 de Abril de 2018, irá realizar-se um Convívio de Pesca Desportiva, Agupesca Casa do Povo na Vila de Aguçadoura, Póvoa de Varzim.
O convívio conta com provas individuais e em equipas de 4 elementos.
A data limite de escrição é até ao dia 21 de Abril, tendo um custo de 20 Anzóis para inscrição individual e 15 Anzóis para inscrição por equipa.
Irá também ser feito um almoço para todos os inscritos na prova.
Este evento conta com o apoio da Casa Favais.


Para mais informações clique na imagem abaixo.

 

 

 cartaz agupesca upd 

Campeonato Nacional da 1ª Divisão - 2017 Pesca em Barco Fundeado

thumbnail compeonato nacional de clubes

Sorteios relativos à 3ª e 4ª mãos deste campeonato que se realizam a 07 e 08 de Abril em Setúbal.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

cnpbf 3a mao cnpbf 4a mao

 

Fonte: Federação Portuguesa de Pesca Desportiva do Alto Mar

Vai à pesca? Cuidado! Siga estes conselhos da Autoridade Marítima.

thumbnail vai a pesca

A Autoridade Marítima informa que os períodos imediatamente após condições de mar adversas são propícios ao aumento significativo da pesca lúdica apeada em locais de elevado risco de acidentes.

Neste sentido, a Autoridade Marítima alerta para os comportamentos de risco a evitar, bem como as medidas adicionais de segurança a adotar, por forma a diminuir a probabilidade de acidente.


A Autoridade Marítima lembra que todos deve evitar comportamentos de risco como:

 

Pescar sozinho – Caso seja vitima de um acidente a probabilidade de ser visto e ser dado o alerta é muito menor;

 

Pescar em condições meteorológicas adversas – Em condições de forte ondulação e vento, a probabilidade de ocorrência de acidentes é muito maior. Uma rajada de vento pode levar ao desequilíbrio. Uma onda maior pode chegar onde não estamos à espera;

 

Não virar as costas ao mar – As ondas não têm todas a mesma altura;

 

Pescar à noite – Durante a noite a perceção do espaço e, consequentemente, dos perigos pode ser enganadora;

 

Locais de risco ou de difícil acesso – Evitar locais onde a probabilidade de acidente é maior e o difícil acesso atrasa sempre o socorro;

 

Tentativa de recuperação de material – Muitos acidentes ocorrem quando se tenta recuperar o material de pesca, como por exemplo linhas presas nas rochas.

 


Por tudo isto, a Autoridade Marítima recomenda medidas adicionais de segurança como: Uso de vestuário/calçado adequado – Usar principalmente calçado antiderrapante;Uso de colete salva-vidas – Em caso de queda ao mar a probabilidade de salvamento e recuperação é muito maior;Uso de sistemas de segurança que evite quedas – Sistemas que permitam prender o corpo a um ponto fixo.

 

 

Fonte: Notícias de Coimbra

Pesca desportiva é cada vez menos invasiva para o meio ambiente

thumbnail pesca desportiva e cada vez menos invaisva para o meio ambiente

As praias da zona de Aveiro têm das melhores condições para pesca desportiva no Norte do País, movimentando cerca de uma centena de atletas. Falámos como José Santana, que é vice-presidente (área de mar) da Associação de Pesca Desportiva de Aveiro e Beira Litoral.

 

Como está a pesca desportiva na vossa área ?
Sobre a importância da pesca desportiva em Aveiro, na Ria temos algumas provas oficiais de bóia na zona do molhe central/ Meia Laranja. Nos restantes troços de Ria ela é inexistente. Temos uma participação de 60 atletas em provas nacionais e apenas uns 10 em provas de carácter regional. No que ao mar concerne, a coisa já muda de figura, pois a modalidade de surf casting (pesca de fundo) tem muitos mais atletas participantes em vários escalões (divisões nacionais) e também muitas mais variantes da mesma modalidade. Provas individuais: juvenis, juniores sub-16 e sub-21, senhoras, homens (1ª, 2ª e 3ª divisões nacionais) e ainda os masters (veteranos). Nas provas colectivas: provas de duplas e nacionais de equipas (1ª Divisão e 2ª Divisão Norte + 2ª Divisão Sul). Além destas provas de âmbito nacional ainda existem as de âmbito regional em que participam os atletas desta associação que não conseguiram ainda as subidas às divisões nacionais. As modalidades e escalões são os mesmos.

 

Que provas passam pela região ?
Se no caso das provas nacionais nem sempre elas se desenrolam nas nossas praias, já no caso das regionais todas se desenrolam em praias da nossa associação, que vai da Figueira da Foz até ao Furadouro.

 

Como são as praias de Aveiro para a pesca desportiva ?
Aveiro tem boas condições de pesca comparativamente com as praias do Norte do País, com bons acessos, boas condições por parte da Capitania de Aveiro, boas condições para realizar as concentrações, apenas perdendo para as praias alentejanas e algarvias na quantidade de pescado que normalmente se captura.

 

O que representa atualmente a vossa associação ?
A ARPDABL tem nesta altura 91 atletas filiados na Federação Portuguesa de Pesca Desportiva (FPPD) na área de mar, dos quais 33 estão nos escalões nacionais (1ª D-5, 2ª D- 8, 3ª D- 20) e ainda 21 representantes nas Taças Nacionais (duplas e veteranos). Os restantes participam nas provas de caracter regional, sendo que alguns deles acumulam representação em mais do que uma modalidade. Por exemplo: um veterano faz campeonato individual regional e também prova de veteranos, regional ou nacional.

 

Utilizam os spots da pesca lúdica ?
Nos molhes, por exemplo, isso diz respeito apenas à pesca lúdica. As provas de mar são sempre desenvolvidas nos areais para proporcionar condições idênticas a todos os participantes na medida do possível.

 

Que peixe normalmente pescam ?
Na nossa costa captura-se de tudo um pouco, mas os peixes mais capturados são robalos, bailas, sargos, douradas, taínhas, cavalas, peixe-agulha, peixe-aranha, pregados e rodovalhos, também linguados e solhas, ruivos, esporadicamente aparecem savelhas, peixe rei, salmonetes, carapaus, palombetas, ferreiras, choupas, entre outras espécies.
Na pesca desportiva, a pesca sem cana não é permitida.

 

As condições para este desporto são satisfatórias na região ?
São razoáveis, apenas importa melhorar uma, e tem mais a ver com quem não faz pesca desportiva. A forma como os outros utentes das praias encaram a nossa presença, somos vistos como personas non gratas por estarmos no mesmo espaço que eles, apesar de deixarmos as praias mais limpas do que as encontramos, apesar de pagarmos uma licença para poder desenvolver essa nossa actividade desportiva, apesar de sermos atletas temos a obrigatoriedade de possuir uma licença de pesca como qualquer pescador lúdico.

 

Com mais exigências ?
Apesar disso, não podemos levar peixe algum para casa ao contrário de todos os possuidores de licença, nem queremos, só achamos que no computo geral somos prejudicados em relação a outros desportos. Queríamos pelo menos poder praticar o nosso desporto sem sermos constantemente incomodados por transeuntes incautos e em alguns casos pelos cães dos mesmos, essencialmente porque as provas desenrolam-se sempre em praias não concessionadas ou então fora da época balnear.

 

Protegem as praias e os recursos.
A pesca desportiva é cada vez menos invasiva para o meio ambiente. Os atletas de pesca desportiva tem preocupações ecológicas e por isso mesmo deixam os pesqueiros por si utilizados em melhores condições do que as encontradas, trazendo o seu lixo e também o que por lá encontram. O peixe capturado em provas é apenas retido por curto espaço de tempo até que o fiscal faça a sua medição e logo após é devolvido ao meio ambiente, chama-se a isto pesca sem morte. As classificações fazem-se traduzindo os centímetros em pontos, cada espécie tem uma fórmula inerente em que x centímetros equivalem a peso Y e desse somatório é que se fazem as classificações.

 

 

Fonte: Notícias de Aveiro



Este website utiliza cookies de acordo com a política em vigor. Ao continuar a navegação está a aceitar a sua utilização.
Caso pretenda saber mais, consulte a nossa Política de Cookies aqui.